segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Fora do meu controle

http://weheartit.com/entry/7517400
Eu escrevo porque as palavras me fogem dos meus pensamentos. Eu não consigo controlá-las. Elas não querem ser só minhas, querem correr pelo mundo. O mundo da minha cabeça já é pequeno demais para elas. E então elas me imploram que sejam escritas, atormentando meus pensamentos e atrapalhando minha concentração.
 Eu escrevo porque assim também eu me sinto melhor. Me sinto menos só. Me sinto mais eu mesma. Quando tá tudo confusso aqui dentro, são elas quem tentam organizar meus sentimentos. Não sei se rotulá-los ajuda a desaparecerem, a se resolverem e se descomplicarem, mas dói um pouco menos. As minhas palavras são quase um remédio para a minha dor porque quando não estão mais só comigo eu me sinto mais leve. Elas pesam muito menos no papel do em minha mente.
 Eu não sei se mais alguém além de mim tem interesse em conhece-las e ser dono delas. Mas eu não posso as prender só a mim. E se ninguém se interessar, bom eu não me importo. Elas sempre fazem um bem danado para mim, e isso já basta.

2 comentários:

Francimeire Leme Coelho disse...

Lindo Blog Amanda!
Concordo contigo, as palavras elas têm uma necessidade de sumir mundo a fora... ;D

Beijos!

Fran

Pam disse...

Não tem graça elas ficarem só com a gente :)