domingo, 3 de agosto de 2008

Para Amanda

poesias que amigos fizeram para mim =D :

Anda,
Amanda,
e manda
o alho
pro trabalho
de idade
comparada a eternidade
de um universo
que no verso
vive
e revive
pela Amanda.

por Bia Patriota
Amanda, anda
Por calçadas e vielas
Pelas vias magricelas
Com leveza de donzela
Olha as nuvens em demanda
São tão brandas, tão brancas
Vê o sol pelas varandas
Que esquenta as silhuetas
E faz sombras e mais sombras
Anda, Amanda
Sim, Caminha com certeza
E observa a natureza
A cidade e a redondeza
Vê beleza e pensa
e pensa e pensa
que gosta quando anda
e quanda olha
anda Amanda
e ama!
por Leandro Andrade

2 comentários:

Papai disse...

Amanda , anda
Sempre com a cabeça nas nuvens,
Mas com os pés no chão.
Amanda, anda
E se ver que não basta, corre
Mas se ver que cansa, pára
E descansa
Porque se precisar
Eu irei te carregar

Papai

Amanda Carneiro disse...

=D
lindo meu poeta!
puxou a filha!